PUBLICIDADE

Santos anuncia a contratação de Pedrinho e causa revolta nas redes sociais

Atacante foi acusado de violência doméstica por sua namorada, com quem se reconciliou no último ano; Marcelo Teixeira afirma ‘não ver problemas’ na chegada do jogador

Foto do author Redação
Por Redação

O Santos demorou, mas anunciou oficialmente nesta quinta-feira a chegada do atacante Pedrinho, dispensado do São Paulo em abril de 2023 após ameaçar a namorada de morte. O jogador estava no América-MG e vem por empréstimo do Lokomotiv Moscou, da Rússia. A contratação gerou bastante revolta nas redes sociais do clube.

PUBLICIDADE

“O Santos Futebol Clube segue buscando reforçar a equipe e confirmou a contratação do atacante Pedrinho. O atleta, de 24 anos, que atuou pelo América-MG na última temporada e pertence ao Lokomotiv Moscou, da Rússia, chega ao Peixe por empréstimo até o final de 2024″, anunciou o clube.

Há alguns dias já acertado com a equipe, o atacante teve de provar sua inocência na acusação de violência doméstica. Ele foi na Vila Belmiro para acertar o contrato no dia 6 de janeiro, acompanhado de sua agente e da namorada Amanda Nunes, com quem se reconciliou ainda em 2023, e a presença acabou convencendo os dirigentes.

Nestas quinta-feira, porém, o post do anúncio da contratação acabou gerando muitas críticas ao presidente Marcelo Teixeira. Pessoas contrárias à oportunidade para Pedrinho disseram que o “Santos não gosta de mulher”, além de definir o anúncio como “vergonhoso” e o clube de “irresponsável”.

Marcelo Teixeira já havia dito na segunda-feira que o Santos teve um “esclarecimento por parte da representante dede Pedrinho e que não via nenhum problema a sua contratação”. Ainda colocou ponto final em polêmicas após dizer que era um caso “esclarecido.”

Natural de São Paulo, Pedrinho é o 13º reforço do Santos para 2024, ano no qual tentará se reerguer no cenário nacional após rebaixamento à Série B. Antes dele, o clube assinou com os meias Giuliano, Otero e Cazares, os laterais-direitos Aderlan e Hayner, o lateral-esquerdo Jorge, o zagueiro Gil, os atacantes Willian Bigode, Marcelinho e Guilherme Augusto, e os volantes João Schmidt e Diego Pituca.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.