PUBLICIDADE

Publicidade

Seleção brasileira deve ter apenas uma mudança

Suspenso, Luiz Gustavo deve dar lugar a Paulinho

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Luiz Felipe Scolari optou por apenas uma mudança na seleção brasileira que vai enfrentar a Colômbia, nesta sexta-feira, em Fortaleza. Sem Luiz Gustavo, suspenso pelo segundo cartão amarelo, o treinador promoveu a volta de Paulinho ao time no último treino em Teresópolis antes de a delegação embarcar para o Nordeste. Nas outras posições, Felipão não mexeu. Fez apenas alguns testes sem Fred no ataque e com Henrique na função de terceiro zagueiro. A decisão de resgatar Paulinho está ligada à convicção de Felipão de que a seleção está no rumo certo, apesar do enorme susto e do fraco futebol apresentado diante do Chile nas oitavas de final. Com a volta do ex-jogador do Corinthians, o time mantém a mesma estrutura dos últimos quatro jogos na Copa e do modelo vitorioso da Copa das Confederações de 2013. O treinador entende que não é momento para mudanças drásticas e correção de rumos, apesar de reconhecer que a seleção não tem sido uma maravilha. “Nós sabemos que não estamos bem, mas também não estamos tão mal assim como muita gente vem dizendo”, disse Felipão na segunda-feira na Granja Comary. 

Paulinho retorna ao time após ficar de fora contra o Chile Foto: Alex Silva/Estadão

A troca de peças não sugere uma mudança do jeito de jogar. A expectativa era ver Oscar e Hulk mais agrupados ao meio-campo. Mas, no treino de quarta-feira, os dois pouco apareceram no setor para ajudar Paulinho.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.