PUBLICIDADE

Publicidade

Série de derrotas derruba Mazola Júnior do Bragantino

Supervisor André Gaspar vai dirigir o time interinamente contra o São Paulo, na próxima quarta-feira, pela 3.ª fase da Copa do Brasil

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

As últimas três derrotas no Campeonato Brasileiro da Série B acabaram por derrubar o técnico Mazola Júnior do Bragantino. Ele foi comunicado da decisão da diretoria neste domingo pela manhã pelo supervisor André Gaspar. Entre os nomes cotados para assumir o cargo estão Vágner Benazzi, Estevam Soares e Luiz Carlos Ferreira. E o próprio Gaspar é quem vai dirigir o time interinamente contra o São Paulo, nesta quarta-feira, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP), pela terceira fase da Copa do Brasil. Ele já dirigiu o time outras vezes de forma interina, inclusive dentro da própria Série B, quando da saída de Marcelo Veiga, que se transferiu para a Portuguesa. Mazola Júnior não ficou surpreso com a decisão, mas ainda esperava dirigir o time por mais dois ou três jogos, quando poderia impor a sua filosofia de trabalho. "Infelizmente o futebol é muito imediatista. Se os resultados não entram, você cai mesmo. Mas não tenho do que reclamar do clube", analisou Mazola Júnior. O seu último tropeço aconteceu na última sexta, em Varginha (MG), diante do Boa por 2 a 1. Antes tinha perdido para o Sampaio Corrêa, por 1 a 0, em casa, e fora para o América-RN, por 4 a 2. O time da "terra da linguiça" soma 10 pontos e ocupa a penúltima posição, só na frente do Vila Nova, que tem cinco. E compartilha a incômoda zona do rebaixamento ainda com a Portuguesa, com 11, e Paraná, com 13 pontos. No meio da outra semana, pela Copa do Brasil, o Bragantino garantiu a sua vaga na terceira fase da Copa do Brasil, mesmo perdendo para o Figueirense por 2 a 1, em Florianópolis. Mas levou a vaga nos pênaltis, por 4 a 3, porque tinha vencido em casa pelo mesmo placar.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.