PUBLICIDADE

Publicidade

Suspenso, atacante Emerson contesta critérios do STJD

PUBLICIDADE

Por AE
Atualização:

Suspenso por seis jogos pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pelas ofensas que proferiu contra o árbitro Péricles Bassols no jogo contra o Atlético-MG, o atacante Emerson curte folga em Angra dos Reis-RJ. Como não poderia jogar no fim de semana, foi liberado pelo Corinthians dos últimos treinos da semana passada e só terá que se reapresentar nesta terça-feira à tarde, com o restante do elenco.O jogador considerou pesada a punição recebida, que já o tirou dos últimos quatro jogos do Corinthians e que segue válida pelos próximos dois. "Eu xinguei o cara para caramba. Agora seis jogos de suspensão? Eu não sei se era para tanto. Por exemplo, o Luis Fabiano. Pegou dois jogos. Ou seja: qual seria a diferença? Quais são os critérios?", reclamou Emerson, em entrevista à Fox Sports.A comparação usada pelo atacante faz referência à punição sofrida por Luis Fabiano quando o são-paulino ofendeu o árbitro Elmo Resende Cunha, também numa partida contra o Atlético-MG, mas que só rendeu depois jogos de suspensão a ele.Outro corintiano na mira do STJD é o zagueiro Wallace, que pisou em Barcos no clássico contra o Palmeiras. O defensor seria julgado na sexta-feira passada, mas uma mudança no artigo ao qual seu caso seria enquadrado fez o julgamento ser adiado. Agora a sessão no STJD acontecerá na próxima sexta-feira. Por isso, o técnico Tite ficará até lá sem saber se vai poder escalar o jogador para jogar sábado contra o Náutico.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.