PUBLICIDADE

Publicidade

Thiago Silva deixará o Chelsea e já pode assinar pré-contrato com novo clube

Zagueiro de 39 anos é sonho do Fluminense, clube defendido pelo atleta entre 2006 e 2008

PUBLICIDADE

Foto do author Leonardo Catto
Atualização:

O Chelsea anunciou a saída de Thiago Silva ao final da temporada europeia, em junho. O zagueiro de 39 anos ficará livre no mercado e já pode assinar um pré-contrato com outro clube. O Fluminense, clube que o atleta defendeu entre 2006 e 2008, sonha com o retorno do jogador.

PUBLICIDADE

“Nem nos meus melhores sonhos eu imaginaria que eu pudesse conseguir grandes coisas e um dos meus maiores títulos profissionais, que foi a Champions e, consequentemente, o Mundial de Clubes. Despedidas são para aqueles que vão e não voltam. E eu pretendo voltar um dia”, declarou o brasileiro no vídeo publicado pelo Chelsea nesta segunda-feira, 29.

Thiago Silva chegou ao Chelsea em 2020. Desde então, ele participou dos títulos da Champions League 2020/21, Supercopa da UEFA 2021 e Mundial de Clubes de 2021, edição em que o clube inglês derrotou o Palmeiras na final e o zagueiro foi eleito o melhor jogador do torneio. Na atual temporada, são 39 partidas com a camisa dos Blues. Ao todo, ele participou de 151 jogos.

Thiago Silva conquistou três títulos com a camisa do Chelsea. Foto: Premier League via X

O brasileiro fez toda a formação nas categorias de base do Fluminense. A estreia no profissional, porém, foi no antigo RS Futebol, de Alvorada (RS). Em seguida, Thiago Silva foi para o Juventude, pelo qual disputou o Brasileirão em 2004. O destaque o levou para o Porto, mas o jogador integrou somente a equipe B do clube. Ele foi emprestado ao Dínamo de Moscou. O frio já o prejudicava em Portugal. Na Rússia, Thiago Silva desenvolveu uma tuberculose que quase pôs fim na sua carreira.

Foi então que, após recuperado, ele retornou ao Brasil, contratado pelo Fluminense. Foram 97 jogos e nove gols na equipe carioca. O zagueiro retornou para a Europa, vendido ao Milan e, na sequência, no PSG. Pela seleção brasileira, foram três Copas do Mundo disputadas (2014, 2018 e 2022).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.