PUBLICIDADE

Publicidade

Torcedor do Corinthians morre após ser atingido por rojão antes de derrota para o Remo

Polícia Militar do Pará confirma óbito e informa que outro torcedor está hospitalizado; clube e uniformizada lamentam episódio de violência em Belém

PUBLICIDADE

Foto do author Rodrigo Sampaio
Foto do author Murillo César Alves
Por Rodrigo Sampaio e Murillo César Alves
Atualização:

Um torcedor do Corinthians morreu e outro ficou ferido após serem atingidos por um rojão nos arredores do estádio Mangueirão, em Belém, nesta quarta-feira, antes do jogo com o Remo pela Copa do Brasil. Segundo a Polícia Militar (PM) do Pará, o incidente aconteceu na avenida Augusto Montenegro. Eles foram encaminhados para o Hospital Metropolitano, na capital paraense. O estado de saúde do homem que sobreviveu não foi divulgado.

PUBLICIDADE

Segundo a PM, as autoridades realizam buscas para prender os suspeitos de terem atirado o rojão. Imagens de câmeras de segurança da área estão sendo analisadas para buscar mais elementos sobre a autoria dos fatos. O Corinthians divulgou uma nota lamentando o episódio e identificou o torcedor como sendo Rafael Merenciano.

“O Corinthians lamenta profundamente o falecimento de Rafael Merenciano, torcedor atingido por artefato explosivo nesta quarta-feira. O clube reafirma que o futebol é um ambiente de paz e repudia todo tipo de violência. Solidariedade aos familiares e amigos de Rafael”, disse o clube.

Imagens do incidente rapidamente circularam pelas redes sociais após o ocorrido. Páginas relacionadas ao Corinthians dão conta de que o ataque foi realizado por uma organizada do Paysandu por causa de uma antiga rixa. A organizada corintiana Pavilhão Nove também publicou uma nota nas redes sociais informando a morte do sócio e diretor Rafael Merenciano, mas sem mencionar o incidente em Belém.

Ao Estadão, um membro da uniformizada também afirmou que o torcedor em questão é o homem que morreu no ataque com um rojão nos arredores do Mangueirão.

Com a bola rolando, o Corinthians foi derrotado por 2 a 0, em partida válida pela terceira fase da Copa do Braisl. O jogo de volta está marcado para o dia 26 de abril, na Neo Química Arena. A equipe corintiana precisa vencer por três gols de diferença para se classificar ou por dois gols para levar a decisão para os pênaltis. O time de Fernando Lázaro estreia domingo no Brasileirão, em casa, contra o Cruzeiro.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.