Publicidade

Clássico entre Ajax e Feyenoord é suspenso por arremesso de sinalizadores e vandalismo; veja vídeo

Torcedores do Ajax se revoltam com derrota por 3 a 0 em casa e fazem com que árbitro tenha de interromper o duelo antes dos 90 minutos; brasileiro Igor Paixão marca terceiro gol do visitante

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Cenas lamentáveis ocorreram na Johan Cruyff Arena, em Amsterdam, na Holanda, no clássico entre Ajax e Feyenoord, pelo campeonato nacional. Revoltados com a derrota por 3 a 0 no jogo deste domingo, dia 24, os torcedores do Ajax arremessaram sinalizadores no gramado e cometeram atos de vandalismo, o que obrigou o juiz a suspender a partida. O terceiro gol foi marcado por um brasileiro: Igor Paixão.

O Ajax não vive boa fase na temporada de 2023-2024, o que já previamente acirrou os ânimos de seus adeptos antes do duelo. O clube, três vezes vencedor da Liga dos Campeões, ocupa apenas a 13ª colocação e só conquistou uma vitória em quatro jogos. Para efeito de comparação, outras forças do país, como PSV, AZ e o próprio Feyenoord têm todos mais de dez pontos, contra somente cinco do time de Amsterdã, e estão atualmente no top 4 da tabela.

Torcedores do Ajax arremessaram sinalizadores e outros objetos no gramado da Johan Cruyff Arena durante clássico com o Feyenoord. Foto: Olaf Kraak/EFE/EPA

PUBLICIDADE

Antes da suspensão, a partida já havia sido paralisada aos 18 minutos, quando Santiago Giménez fez seu segundo gol e abriu 2 a 0 para os visitantes. Nessa hora, um torcedor atirou um copo plástico da arquibancada e o juiz parou a disputa para sua identificação e retirada do local. Aos 37, Igor Paixão, revelado pelo Coritiba, ampliou para 3 a 0. Logo depois, aos 44, os primeiros sinalizadores foram arremessados, interrompendo a partida novamente, dessa vez, por 20 minutos.

Foi no segundo tempo que a situação ficou insustentável. Diversos objetos pirotécnicos foram atirados no gramado e o árbitro optou pela suspensão da partida, aos 35 minutos da etapa complementar. Além da confusão, torcedores também entraram em confronto com a polícia do lado de fora e danificaram partes do estádio. Houve ainda tentativa de invasão.

O incidente pode acarretar em consequências esportivas para o Ajax, que depende ainda mais do apoio de sua torcida para reverter a situação na temporada. Normalmente, casos do tipo resultam em perda de mando de campo ou interdição do estádio, como foi com Santos e Vasco no Brasil, temas que geraram muita polêmica até a liberação tanto da Vila Belmiro quanto de São Januário. Ainda não se sabe o que acontecerá com a presença do público na Johan Cruyff Arena nem se jogo será retomado.

Com a vitória, o Feyenoord sobe para a quarta colocação do Campeonato Holandês, com 11 pontos. O Ajax, por sua vez, estaciona em 13º com cinco, a apenas dois da zona de rebaixamento. O PSV é o líder, com 15, graças aos cinco triunfos em cinco jogos, com 100% de aproveitamento.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.