PUBLICIDADE

Rafael Nadal desiste de disputar a Copa Davis

Rafael Nadal decidiu não defender a Espanha no confronto com os Estados Unidos pelas quartas de final da Copa Davis em julho. O espanhol, que lidera o ranking da Associação dos Tenistas Profissionais, culpou a ITF e o calendário pela sua decisão

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Rafael Nadal decidiu não defender a Espanha no confronto com os Estados Unidos pelas quartas de final da Copa Davis em julho. O espanhol, que lidera o ranking da Associação dos Tenistas Profissionais, culpou a Federação Internacional de Tênis (ITF, na sigla em inglês) e o calendário pela sua decisão. "A prioridade é estar saudável e eu tenho que parar. Após o final da primeira parte da temporada eu preciso descansar", disse ao jornal esportivo espanhol AS.

PUBLICIDADE

O campeão de Roland Garros, que está defendendo o seu título de Wimbledon, disse que precisa passar por avaliações médicas e tirar entre 15 e 20 dias de descanso antes de iniciar a segunda metade da temporada, com a disputa do US Open em agosto sendo a sua prioridade.

Será o décimo confronto entre norte-americanos e espanhóis, com cinco triunfos dos Estados Unidos e quatro dos espanhóis, que, porém, nunca venceram fora de casa.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.