PUBLICIDADE

O que se sabe sobre o jogo da NFL na Neo Química Arena em 2024

Philadelphia Eagles invade o estádio do Corinthians em setembro para realizar o primeiro jogo do principal campeonato de futebol americano do mundo, pela 1ª vez na América do Sul

Por Sergio Neto
Atualização:

Que o brasileiro nasce chutando uma bola, todo mundo sabe. O futebol é o principal esporte do País, que revelou Pelé, Garrincha, Zico, Ronaldo, Neymar e tantos outros craques para o mundo. No entanto, com o passar dos anos, outras modalidades começaram a conquistar o carinho de torcedores. Dentre elas, o futebol americano.

PUBLICIDADE

Se no Brasil quem domina a preferência é a bola redonda, nos Estados Unidos o principal esporte é o da bola oval. É bem verdade que outros esportes como basquete, hóquei e beisebol também dividem os holofotes, mas a expansão do futebol americano é notória. Prova disso é que a NFL, principal liga da modalidade no mundo, irá realizar um jogo no País, em 6 de setembro. O palco do histórico evento será o estádio do Corinthians: a Neo Química Arena, em Itaquera (SP).

O mandante da partida será o Philadelphia Eagles, campeão da 52ª edição do Super Bowl, em 2018. O adversário ainda não foi definido. O valor dos ingressos também não. Os interessados em prestigiar um jogo da NFL no Brasil devem preencher um formulário na internet e aguardar por maiores informações.

Quarterback do Philadelphia Eagles, Jalen Hurts deverá vir a São Paulo em setembro. Foto: Stephen M. Dowell/AP

Antes do anúncio da Neo Química Arena, outros locais foram avaliados pela NFL. Dentre eles, o Maracanã, o Allianz Parque e o estádio do Morumbi. Foram avaliados critérios como acesso ao transporte público, qualidade do gramado e espaço externo com estacionamento para realização de outros eventos relacionados à marca.

“Este primeiro jogo internacional histórico na América do Sul demonstra a expansão contínua de nossa presença global”, disse o comissário da NFL, Roger Goodell, em comunicado oficial. “Jogar na noite de sexta-feira da semana 1 é uma forma única de destacar nosso crescimento e ambições internacionais”.

“O Philadelphia Eagles está honrado por ser selecionado para o primeiro jogo da NFL na América do Sul. Como o crescimento global do nosso esporte é uma prioridade para nossa liga, abraçamos a oportunidade de aumentar nossa base de fãs ao redor do mundo e levar a identidade dos Eagles aos 38 milhões de fãs do esporte no Brasil”, declarou Jefferey Lurie, presidente e CEO do Philadelphia Eagles, também em comunicado oficial. “Como uma das nações com maior diversidade cultural do mundo, o Brasil é um verdadeiro caldeirão internacional, e queremos experimentar seu ambiente caloroso, vibrante e acolhedor neste ano.”

O evento anima não apenas os dirigentes americanos, mas também os torcedores brasileiros. Daniela Germano, torcedora dos Eagles, não conteve a empolgação quando soube que seu time de coração da NFL anunciou que viria ao Brasil. “Foi empolgante, claro, mas principalmente anestesiante. Já tinha informações de que poderia ser os Eagles conforme um insider mexicano. Porém a gente só acredita quando ouve”, disse a torcedora ao Estadão.

Publicidade

Daniela Germano é torcedora dos Eagles, que vêm ao Brasil em setembro. Foto: Arquivo Pessoal

Daniela é criadora da página Pinkzone Brasil. O objetivo é disseminar e descomplicar informações sobre a NFL no Brasil, além de agregar uma comunidade com o interesse em comum: acompanhar as principais novidades e jogos da principal liga de futebol americano do mundo.

“Quando o Comissário anunciou foi sensação de euforia e incredulidade. Abri uma live na página para conversar com as pessoas sobre o anúncio, dia e possíveis adversários. Mas depois que eu desliguei a live foi que realmente a ficha caiu e o lado torcedora fanática assumiu. Eu saí correndo pela casa, gritando, num mix de vontade de chorar e felicidade”, declarou.

“É normal que seja um esporte novo para a grande massa, mas o simples fato da NFL entender o quanto o mercado é promissor e o quanto quem já gosta é apaixonado é algo muito gratificante”, explicou Daniela. “Nós brasileiros temos muita cultura esportiva, ouso dizer que somos movidos atualmente pelo esporte em geral e não só o futebol da bola redonda. É claro que para quem já é fã de futebol americano isso ganha uma proporção quase de final de Copa do Mundo, mesmo sendo um jogo de primeira semana de temporada. Se eu fosse comparar a grandiosidade de receber um jogo de NFL aqui seria como uma final de Libertadores em terras tupiniquins, com uma projeção mundial por ser o primeiro jogo na América do Sul e por todo o carisma que o brasileiro tem aos olhos do resto do mundo”, completou.

Sobre o crescimento da NFL entre o público brasileiro, Daniela, que também é torcedora do Palmeiras, analisa o cenário com muita esperança. O anúncio do jogo dos Eagles no Brasil é prova disso. “Apesar de não termos os ingressos creio que ninguém vai perder a oportunidade. Muitas pessoas já até compraram suas passagens aéreas e hospedagem. O brasileiro que gosta de NFL é realmente apaixonado, então creio que não vai faltar gente querendo ver esse jogo.”

PUBLICIDADE

“Óbvio que o Palmeiras tem um apelo emocional maior, pois é algo que a gente tem contato desde criança, frequentando o clube como sócio e a questão da ascendência italiana pega muito. Mas atualmente posso dizer que o Eagles me tira mais a paz e me leva do céu ao inferno com muita competência”, brincou a torcedora de ambos os times.

“Os números da NFL vêm crescendo no Brasil, a ideia de ocorrer o evento no país é ótima, pois ajudará a divulgar ainda mais a liga. Segue a mesma linha do que outras grandes ligas tem feito e colhido ótimos bons resultados”, analisa Fábio Wolff, sócio-diretor da Wolff Sports e especialista em marketing esportivo.

O Estadão fez um apanhado de informações para que os fãs da bola oval e os interessados possam conhecer o futebol americano e o jogo da NFL que irá acontecer no Brasil.

Publicidade

Quem joga:

Philadelphia Eagles, como mandante.

Quando e onde é o jogo:

6 de setembro de 2024, na Neo Química Arena, em São Paulo.

Sobre o Philadelphia Eagles:

É o time campeão do Super Bowl LII sobre o New England Patriots, em 2018, equivalente à temporada 2017/18. O time da Philadelphia venceu o Super Bowl apenas uma vez. Contudo, a franquia soma quatro títulos da NFL no geral: 1948, 1949 e 1960. Seu maior rival é o New York Giants.

Ingressos:

Ainda não estão disponíveis os valores dos ingressos. A venda não foi aberta. A quem se interessar, deve preencher um formulário no site oficial para obter maiores informações em breve. Com base nos dados solicitados, é possível apontar que estrangeiros são esperados.

Nos EUA, os ingressos para um jogo da temporada regular, como é o caso da partida dos Eagles no Brasil, costuma variar entre US$ 40 (cerca de R$ 198) e US$ 1.000 (cerca de R$ 4,9 mil). No geral, por US$ 100 (cerca de R$ 490 mil) já é possível achar um lugar com boa visão nas arquibancadas.

Num evento como o Super Bowl, que é a grande final da NFL, as variações são ainda mais expressivas. Diversos fatores influenciam bastante, como os times que disputam a histórica partida e o local. O preço fica ainda mais salgado, podendo ir de R$ 26 mil a R$ 390 mil. Sem contar a ‘taxa’ de R$ 5 mil.

O que se sabe sobre o jogo dos Eagles no Brasil:

Assim como a NBA já fez anteriormente, a NFL, como forma de ampliar o alcance da marca e do futebol americano no mundo, anunciou que um time da NFC seria o primeiro a jogar na América do Sul, ainda mais na semana de estreia da nova temporada da Liga.

Publicidade

A NFL faz uma divisão dos times para ficar mais fácil de ajustar o calendário. Basicamente, os 32 times são divididos em duas conferências (AFC e NFC) e em 8 divisões (separadas por regiões geográficas dos EUA - norte, sul, leste e oeste). Os times são divididos em 16 em cada conferência e 4 em cada divisão.

A NFC é a National Football Conference, uma conferência da organização criada em 1970. Dentro dela existem quatro divisões, e os Eagles fazem parte da NFC Leste, justamente pela cidade de Philadelphia ficar do lado Leste do mapa dos EUA.

É a primeira vez em mais de 50 anos que um jogo da primeira semana da nova edição da NFL será numa sexta-feira à noite. A última vez que isso aconteceu foi em 1970.

Possível rival:

O adversário do Philadelphia Eagles, que joga em Itaquera como mandante, ainda não foi definido. O oponente do Philadelphia Eagles será anunciado no segundo trimestre deste ano, quando o calendário oficial de partidas da próxima temporada da NFL será revelado.

Entretanto, é possível fazer um exercício de cogitação. Segundo o calendário dos Eagles, os adversários que jogam com o Philadelphia como visitante são: Dallas Cowboys, New York Giants, Washington Commanders, Cleveland Browns, Atlanta Falcons, Carolina Panthers, Jacksonville Jaguars, Green Bay Packers e Pittsburgh Steelers.

A probabilidade de jogos entre times da mesma divisão acontecerem fora dos Estados Unidos é pequena. Por isso, já é possível eliminar Giants, Commanders e Cowboys. É possível também excluir outros dois times, os Panthers e os Jaguars, que já têm outros jogos internacionais na agenda, na Alemanha e Inglaterra, respectivamente.

Restam, então, os seguintes prováveis adversários: Atlanta Falcons, Cleveland Browns, Green Bay Packers e Pittsburgh Steelers. Um deles virá ao Brasil para o embate com o Philadelphia Eagles.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.