PUBLICIDADE

Publicidade

NFL no Brasil? Entenda por que País é foco do futebol americano e deve receber partida em 2024

Miami Dolphins é o principal interessado em jogar por aqui; Allianz Parque, Morumbi e Neo Química Arena são fortes candidatas a abrigar duelo

Foto do author Marcos Antomil
Por Marcos Antomil
Atualização:

Os brasileiros estão cada vez mais familiarizados com o futebol americano. O número de fãs cresce a cada Super Bowl e motiva os organizadores da NFL a trazer ao menos um jogo da temporada regular para o País em 2024. A cidade de São Paulo é o foco principal, e os estádios de Palmeiras, São Paulo e Corinthians podem ser escolhidos como palcos para o evento já na próxima temporada.

PUBLICIDADE

Conforme apurou o Estadão, o Miami Dolphins é o maior interessado em trazer um de seus jogos para São Paulo. Integrantes da NFL fizeram visitas ao Allianz Parque, Morumbi e Neo Química Arena para entender se os estádios de futebol se encaixam nas necessidades da liga para celebrar o evento. O Rio também se apresenta como eventual sede, mas a capital paulista aparece mais forte neste momento.

“A prefeitura de São Paulo, por meio da São Paulo Turismo, tem interesse em trazer para a cidade todos os grandes eventos nacionais e internacionais, sejam esportivos, de entretenimento ou negócios. Para tanto, mantém contatos rotineiros com diversos promotores ou representantes, entre eles a NFL”, informou a SPTuris em nota enviada à reportagem. Além da parte esportiva de um evento importante, a cidade ganha com novos empregos e ocupação de sua rede hoteleira, como funciona nos três dias da F-1, por exemplo.

Allianz Parque é um dos candidatos a receber jogo da NFL em 2024. Foto: Carla Carniel/ Reuters

A NFL tem explorado mercados europeus, levando partidas oficiais nos últimos anos para outros países. Em outubro de 2023, foram realizados jogos em Londres, no estádio do Tottenham e em Wembley, por exemplo. Neste mês, Chiefs e Dolphins se enfrentaram em Frankfurt, na Alemanha. O mesmo estádio recebe neste domingo, às 11h30, o duelo entre New England Patriots e Indianapolis Colts. É uma forma de levar o futebol da bola oval para fora dos Estados Unidos, seguindo o modelo de negócio da NBA.

“A NFL vem crescendo no Brasil. São Paulo é a cidade economicamente mais forte da América Latina. Faz muito sentido por uma questão logística fazer um evento dessa dimensão, com tal apelo, na capital paulista, porque concilia número de fãs com potencial econômico”, afirma Fábio Wolff, especialista em marketing esportivo.

Além do Brasil, a Espanha também é um país analisado pela NFL para expandir sua penetração em 2024. Madri, com dois grandes estádios (Santiago Bernabéu e Metropolitano), está no radar. “Estamos passando tempo nesses mercados, estabelecendo relações e analisando os estádios de lá”, afirmou vice-presidente executivo da NFL, Peter O’Reilly, em entrevista para o podcast da ESPN. O Estadão fez uma reportagem gráfica explicando todas as regras do futebol americano.

Tennessee Titans atuou no estádio do Tottenham, em Londres, em outubro. Foto: Ian Walton/ AP

Uma prova de que o Brasil consome o futebol americano se dá pelo fato de que a conta da NFL Brasil foi a primeira entre todas do cenário internacional da liga a alcançar a marca de 1 milhão de seguidores. De acordo com dados do Ibope Recupom, da última pesquisa divulgada em fevereiro de 2023, o Brasil tem 35,4 milhões de fãs de futebol americano. Há dez anos, esse número era de 3 milhões.

Publicidade

Do universo do levantamento, que representa 110,5 milhões de internautas brasileiros com 18 anos ou mais, 32% se declararam interessados ou muito interessados pela modalidade. Ainda de acordo com a pesquisa, 51% desse público é do sexo masculino, sendo 61% entre 18 e 39 anos. No último Super Bowl, realizado em fevereiro, a audiência do jogo entre Kansas City Chiefs e Philadelphia Eagles foi de 2,5 milhões de pessoas, uma variação positiva de 19% em relação à final de 2022.

“A expansão da audiência da liga, com o passar do tempo, se converte em mais receitas para ela e, posteriormente, para seus atletas. Vivemos uma era em que se compete pela atenção, tempo e dinheiro dos consumidores. O que vão assistir? Transmitido de onde? A realização do jogo no Brasil não vai atingir ou fidelizar apenas os que estarão no estádio, mas já com semanas de antecedência, vai ‘viralizar’ em redes sociais e ocupar espaço no noticiário esportivo, fazendo com que a liga seja comentada e que busquem informações sobre ela como nunca foi feito”, analisa Thiago Freitas, COO da Roc Nation Sports no Brasil, empresa de entretenimento americana comandada pelo cantor Jay-Z.

Preços de ingressos

Os preços de ingressos para jogos do Miami Dolphins, na Flórida, variam entre R$ 1.000 e R$ 11.000. O ticket mais barato é para cadeiras localizados nas arquibancadas atrás das traves. O Hard Rock Stadium, onde a franquia da Flórida manda seus jogos, tem capacidade para mais de 65 mil pessoas. O Morumbi é o único que alcança o mesmo padrão, para 66,8 mil torcedores. Um Morumbi lotado pode representar, apenas com entradas, uma arrecadação média de quase R$ 100,2 milhões, se mantidos os valores americanos - caros para os padrões do futebol.

Ativações espalhadas por Frankfurt chamam a atenção da cidade para jogo da NFL. Foto: Kirill Kudryavtsev/ AFP

PUBLICIDADE

O padrão de dimensão de gramado utilizado pela Fifa e aplicado no futebol brasileiro é de 105 metros de comprimento e 68 metros de largura. Um campo de futebol americano mede 109,73m de comprimentos por 48,76 de largura. O Morumbi e o Allianz Parque têm possibilidade facilitada de ampliação da área do gramado, enquanto a Neo Química Arena teria uma dificuldade um pouco maior diante da proximidade das arquibancadas.

Até o início do próximo ano, a NFL deve anunciar novidades sobre a realização de um ou mais jogos no Brasil. A tendência é que essas partidas sejam referentes à temporada de 2024, sendo disputadas no segundo semestre, uma vez que a atual já está em disputa e termina em fevereiro.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.