PUBLICIDADE

Foto do(a) blog

Futebol: bastidores e opinião

São Paulo e Palmeiras na roda

As derrotas servem para escancarar a realidade. As vitórias nem sempre são verdadeiras. Por isso a rodada do Brasileirão neste fim de semana apontou um caminho ruim para São Paulo e Palmeiras. Não por acaso, os dois treinadores pediram reforços. E os dirigentes, antes firmes como uma rocha, amoleceram.

PUBLICIDADE

Por Luiz Prosperi
Atualização:

No São Paulo, o comando do clube garante ao treinador de plantão que vem reforço por aí. Depois da debandada de um punhado de jogadores experientes e a promoção em série dos garotos, Juvenal Juvêncio e seus pares prometem mundos e fundos para encorpar o time. Enquanto isso, podem servir a cabeça de Carpegiani na bandeja. A lavada sofrida para o Corinthians não vai ser digerida tão fácil.

PUBLICIDADE

No Palmeiras, a situação não é muito diferente. Atropelado pela "carroça desembestada" do Ceará, Felipão revelou que o time precisa de sangue novo. Dirigentes saíram a campo em busca de reforços. Samudio, 24 anos, lateral-esquerdo do Libertad (Paraguai) é o alvo. Martinuccio ainda está na pauta. A camisa 11, antes em posse do lateral Rivaldo, está à disposição do meia argentino vinculado ao Peñarol.

Então, estamos combinados. No futebol brasileiro basta uma derrota, de pereferência acachapante, para o mundo cair. São Paulo e Palmeiras entraram de cabeça nesta ciranda.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.