PUBLICIDADE

Publicidade

Quinta-feira será decisiva no Athina Onassis Horse Show

A partir das 15 horas, na Sociedade Hípica Paulista, 25 dos principais cavaleiros do mundo estarão na pista

PUBLICIDADE

Por Valéria Zukeran - O Estado de S.Paulo

A tarde desta quinta-feira será decisiva para os cavaleiros que sonham em ganhar o prêmio de 900 mil Euros na prova de sábado do Athina Onassis Horse Show, final do Global Champions Tour de hipismo, realizada na Hípica Paulista, em São Paulo. A partir das 15 horas, na Sociedade Hípica Paulista, 25 dos principais cavaleiros do mundo estarão na pista contra obstáculos de 1,60 metros e o objetivo de se classificar entre os 18 que disputarão o Grande Prêmio. Nesta quarta, alguns dos candidatos já deram mostras de boa forma. Foi o caso, por exemplo, do britânico Michael Whitaker e o holandês Henk van de Pol, que ficaram entre os três primeiros nas duas provas do dia. Pela manhã, com obstáculos de 1,45 metro, o brasileiro Pedro Veniss, com Amarillys, foi o melhor, percorrendo a pista sem faltas com o tempo de 25s26. De Pol, montando Tenessee, foi o segundo, completando o percurso em 25s48 também com percurso limpo, seguido por Whitaker, com Insultech Up to Date, que passou pelo picadeiro com o tempo de 26s02. Na competição da tarde, com obstáculos de 1,50 metro, o melhor foi o belga Ludo Philippaerts e Tauber VH Kapelhof, com pista limpa e tempo de 61s42. Whitaker e de Pol trocaram de posição. O britânico, montando Sincal Portofino, terminou a prova em 61s85, seguido do holandês, com Rhodos, e marca de 61s42. Existe uma grande expectativa sobre a participação do brasileiro Rodrigo Pessoa nas provas de sexta. O cavaleiro, campeão olímpico nos Jogos de Atenas, em 2004, está suspenso até janeiro pela Federação Eqüestre Internacional (FEI) por doping, mas recorreu à justiça brasileira para competir.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.