PUBLICIDADE

Publicidade

Surfista que eliminou Medina de etapa do Mundial posta ameaça de morte recebida nas redes sociais

‘Saquarema será seu funeral’, diz mensagem recebida por Ethan Ewing no Instagram de um perfil já desativado

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

O australiano Ethan Ewing usou as redes sociais para mostrar parte da reação dos fãs brasileiros após o surfista ter eliminado Gabriel Medina na etapa do Circuito Mundial de Surfe. O surfista postou em seu instagram a mensagem que recebeu de um fã brasileiro, que já apagou sua conta na rede social.

PUBLICIDADE

“Um dia, você vai competir no Brasil, e nós lembraremos de você. Prepare-se. Estou falando de novo. Aqui no Brasil nós vamos te matar. Saquarema vai ser seu funeral”, dizia a mensagem que Ewing mostrou em um print.

A mensagem foi enviada por uma pessoa que já desativou a conta no Instagram. Ethan Ewing foi o responsável pela eliminação de Gabriel Medina na etapa do Surf Ranch, que aconteceu no último fim de semana. A desclassificação do brasileiro causou muita polêmica e revoltou grande parte dos fãs de surfe no mundo.

Ethan Ewing mostra ameaça de morte nas redes sociais Foto: Reprodução instagram @ethan_Ewing

Entenda a polêmica

Nas quartas de final da etapa deste final de semana, Gabriel Medina e Ethan Ewing terminaram com o mesmo somatório, de 14.67. Contudo, o australiano avançou pelos critérios de desempate por ter a maior nota superior à maior nota do brasileiro. Após a classifcação de Ethan para a semifinal, muitas pessoas reclamaram do critério para as notas dadas para os dois sufistas.

Após o fim de sua participação na etapa deste final de semana, Gabriel Medina usou as redes sociais para pedir mais clareza nas notas dadas pelos árbitros da WSL. Segundo o surfista brasileiro tricampeão do mundo, a forma como são as notas atualmente no esporte são uma “ameaça para o esporte”.

Com a eliminação de Medina, outros brasileiros também criticaram a forma como são dadas as notas nas etapas do Circuito Mundial de Surfe. Ítalo Ferreira e Filipe Toledo, brasileiros campeões mundiais nas últimas temporadas, usaram as redes sociais para se posicionar sobre o assunto.

“Vai além de uma nota. O meu intuito não é atacar, ferir, entrar no mérito de julgamento, mas o silêncio me consome. O surfe que me deu e dá tudo. Eu vivo por isso, se é que ainda preciso provar. Meu olhar, minha energia e o que eles carregam dizem tudo. De minha parte, surfe, eu te entrego meu todo. Minha devoção. Meu dia a dia que só eu, minha equipe e minha família sabemos. E assim, seguiremos”, diz trecho da postagem de Ítalo.

Publicidade

“Por amor ao esporte, sigo firme e forte. E, agora, estou com sentimento de felicidade ao ver os posts do Gabriel Medina, Ítalo Ferreira e muito outros, que ainda podem aderir à ideia de que o que buscamos será sempre a evolução do esporte, com justiça e transparência. Não queremos nada além do justo. Nada além do que é de direito nosso. Precisamos que a nossa voz seja ouvida e respeitada, pois, afinal, nós somos os protagonistas disso tudo”, afirmou Filipinho.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.