Corrida presidencial nos EUA: Trump leva vantagem de 5 pontos sobre Biden em pesquisa do NYT

A poucos meses das eleições presidenciais de 2024, popularidade do governo Biden recua

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

O ex-presidente e candidato à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, possui uma vantagem de cinco pontos porcentuais sobre o presidente Joe Biden na intenção de votos para as eleições nacionais de 2024, de acordo com uma pesquisa do New York Times/Siena College divulgada neste sábado, 2.

Segundo a pesquisa, 48% dos entrevistados disseram que votariam em Trump caso a eleição fosse realizada hoje. Já Biden alcançou a intenção de voto de 43%.

O ex-presidente Donald Trump, candidato republicano à presidência dos EUA, durante um comício de campanha em Rock Hill, S.C., na sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024. Foto: Doug Mills / NYT

PUBLICIDADE

A pesquisa indica uma queda no apoio nacional a Biden, que enfrenta, a poucos meses das eleições, uma série de ataques políticos da oposição e de um grupo de aliados por seu apoio a Israel na guerra em Gaza, pela sua idade avançada e pela forma em que seu governo lida com a crise migratória.

Além disso, outro dado que causa um choque à campanha de Biden é a taxa de desaprovação, com 47% dos entrevistados desaprovando o governo do presidente - a taxa mais alta do seu mandato nesta pesquisa.

Em uma declaração à imprensa, Michael Tyler, o diretor de comunicações da campanha de Biden, disse minimizou a importância da pesquisa, afirmando que ela “consistentemente superestima” Donald Trump e subestima Biden.

O presidente dos EUA Joe Biden durante uma visita à fronteira sul, quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024, em Brownsville, Texas.  Foto: Evan Vucci / AP

“As pesquisas continuam em desacordo com a forma como os americanos votam e consistentemente superestimam Donald Trump, enquanto subestimam o presidente Biden”, afirmou.

“Seja em eleições especiais ou nas primárias presidenciais, o comportamento real dos eleitores nos diz muito mais do que qualquer pesquisa e conta uma história muito clara: Joe Biden e os democratas continuam a se sair melhor, enquanto Donald Trump e o partido que ele lidera estão fracos, sem dinheiro e profundamente divididos. Nossa campanha está ignorando o barulho e conduzindo uma campanha forte para vencer - assim como fizemos em 2020″, afirmou Tyler.

Publicidade

A pesquisa foi realizada de 25 a 28 de fevereiro entre 980 eleitores registrados em todo o país. A margem de erro é de 3,8% para eleitores prováveis.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.