PUBLICIDADE

Japão: metrô de Tóquio inaugura tradutor ‘futurista’ que projeta diálogo de forma simultânea em tela

Serviço de tradução de voz entende 12 idiomas, incluindo português, e mostra diálogo já traduzido entre público e atendente em uma espécie de janela transparente

Foto do author Redação
Por Redação

Uma tela transparente que foi recentemente instalada em uma estação do metrô de Tóquio, no Japão, pode representar um imenso facilitador para visitantes estrangeiros que precisarem usar o transporte público. Desde o início de julho, a linha Seibu Railway está testando um tradutor simultâneo, o qual projeta em uma tela transparente o diálogo já traduzido entre o público e os atendentes.

PUBLICIDADE

O serviço de tradução de voz, criado pela empresa japonesa Toppan, entende 11 idiomas estrangeiros, além do japonês, incluindo português, inglês, coreano, chinês, tailandês e espanhol. Para ativá-lo, o visitante precisa selecionar em um tablet o idioma pretendido e falar em um microfone direcional. O sistema irá interpretar o que a pessoa está falando e exibir o diálogo na tela, nas duas línguas que estão sendo faladas, como uma legenda de filme.

Com um toque futurista, o dispositivo é como uma tela ou uma janela transparente, que tem 69 centímetros de altura e 75 centímetros de largura. A conversa aparece em tempo real como bolhas de texto, parecido com a imagem da tela de um celular nos SMS ou em mensagens de WhatsApp.

Serviço de tradução consegue interpretar 12 idiomas e mostra em tempo real, na tela entre o público e os atendentes, o diálogo traduzido. Foto: Divulgação Toppan/VoiceBizⓇUCDisplay

Segundo a Toppan, a vantagem do dispositivo é proporcionar uma conversa mais natural do que com os serviços de tradução convencionais, geralmente utilizado em celulares. O sistema de legendas também pode oferecer suporte a pessoas com deficiência auditiva e de linguagem.

Atualmente, o tradutor está localizado ao lado da bilheteria expressa na estação Seibu Shinjuku e está em fase de testes desde julho, segundo o Japan Times. A Seibu Railway espera “adotá-la oficialmente até o outono de 2023″ e “consideraria expandi-la para outras estações do metrô, dependendo dos resultados dos testes”, de acordo com o portal.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.