PUBLICIDADE

Lula: protesto no Irã é 'demonstração de quem perdeu'

Por AE
Atualização:

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje que as manifestações contra o resultado das eleições no Irã são "demonstrações de quem perdeu". "Ele recebeu mais de 60% dos votos. Isso é algo expressivo", afirmou Lula, em Genebra, na Suíça. "Essas manifestações são de quem perdeu. Eu mesmo já participei de muitas assim", disse. O presidente brasileiro afirmou que visitará o Irã em 2010 e que o convite para Ahmadinejad ir ao Brasil está de pé.Segundo as informações oficiais divulgadas no sábado, Ahmadinejad obteve 62,6% dos votos, enquanto seu principal rival, o ex-primeiro-ministro Mir Hossein Mousavi, recebeu 33,75% dos sufrágios. O resultado motivou protestos no país. Ontem, o candidato opositor pediu oficialmente a anulação das eleições presidenciais iranianas, realizadas na sexta-feira. O líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, ordenou a abertura de uma investigação das denúncias de fraude.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.