Presidente dos EUA, Joe Biden, tropeça e cai durante cerimônia da Força Aérea; veja vídeo

Aos 80 anos, presidente apertava a mão de formados, quando tropeçou e caiu no chão; ele se levantou rapidamente

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, caiu no chão durante uma cerimônia de formatura na Academia da Força Aérea americana nesta quinta-feira, 1. Biden, de 80 anos, apertava a mão de um dos formados, quando tropeçou e caiu. Ele foi socorrido em poucos segundos e recebeu ajuda para sentar.

Ao se levantar, o americano apontou para trás e pareceu indicar no que tropeçou. O diretor de comunicações da Casa Branca, Ben LaBolt, disse no Twitter que ele estava bem. “Havia um saco de areia no palco enquanto ele cumprimentava”, explicou. A cerimônia acontecia no Estado de Colorado.

Biden concorre à reeleição em 2024, quando terá 82 anos. Caso vença, ele terminará o segundo mandato com 86 anos. A questão desperta preocupação entre os americanos e partidários do Partido Democrata. Os médicos o declararam saudável e apto para o serviço após um exame físico em fevereiro. Segundo eles, Biden não bebe e não fuma e faz exercícios físicos pelo menos cinco dias por semana.

Queda do presidente dos EUA, Joe Biden, durante cerimônia na Força Aérea dos EUA Foto: Andrew Harnik/AP

PUBLICIDADE

O principal adversário de Biden, o ex-presidente Donald Trump, completa 77 anos este mês, e a idade também preocupa seus eleitores.

Esta não é a primeira queda pública de Biden. No ano passado, o democrata caiu da sua bicicleta quando parou para falar com alguns apoiadores nas ruas de Rehoboth Beach, em Delaware, e não sofreu ferimentos.

A situação de saúde do presidente americano costuma ser pauta de adversários e da imprensa americana. Em março, a sua equipe anunciou a remoção de um câncer de pele comum e de crescimento lento, chamado carcinoma basocelular. Um mês antes, seus médicos tinham se pronunciado sobre a situação de saúde geral dele.

Essa apresentação do boletim de saúde foi uma resposta aos constantes boatos que surgem sobre a saúde de Biden. Em fevereiro, americanos questionavam a causa da tosse frequente e do pigarro dele; o andar lento também era alvo de boatos. A equipe médica afirmou que os primeiros eram resultado de refluxo; o segundo, de um desgaste na coluna.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.