PUBLICIDADE

Noivo abre fogo no próprio casamento e mata quatro pessoas, incluindo a noiva

Segundo relatos, noivo saiu abruptamente da cerimônia e voltou com uma pistola; ele tirou a própria vida após o ataque

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Um casamento no nordeste da Tailândia no último sábado, 25, terminou em tragédia após o noivo matar quatro pessoas que estavam presentes na cerimônia, incluindo a noiva. Após o ataque, o homem se matou com um tiro de pistola em sua própria testa, de acordo com informações do portal tailandês Bangkok Post.

PUBLICIDADE

O homem foi identificado como Chaturong Suksuk, de 29 anos. Ele estava se casando com Kanchana Pachunthuek, de 44, no distrito de Wang Nam Khiao. Os noivos estavam em um relacionamento havia três anos.

Segundo relatos repercutidos pela imprensa tailandesa, em um dado momento da festa Chaturong saiu abruptamente da cerimônia e foi para seu carro. Pouco depois, ele voltou com uma pistola e disparou tiros que mataram a noiva, a mãe dela, de 62 anos, a irmã mais nova da noiva, de 38 anos, e um convidado de 50. Outro convidado ficou gravemente ferido. Chaturong então se matou.

A polícia investiga as causas do ataque. Algumas testemunhas relataram à imprensa local que os noivos brigaram durante a cerimônia, e que o conflito havia sido causado pela insegurança de Chaturong, que temia sua mulher o trocasse por outra pessoa. Também relataram que Chaturong se sentia inseguro quanto à diferença de idade entre ele e Kanchana.

Foto divulgada pela polícia regional mostra autoridades em encontro com familiares dos falecidos no ataque em casamento. Pelo menos cinco pessoas morreram, incluindo a noiva, e o noivo, autor do ataque, que tirou a própria vida. Foto: Reprodução Facebook/Polícia de Nakhon Ratchasima

Segundo o Bangkok Post, Chaturong era um ex-soldado da Marinha que perdeu uma das pernas após ser atropelado por um trem. Ele chegou a participar de equipes tailandesas de atletas com deficiência, competindo em provas de natação.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.