CDs e DVDs continuam como as vedetes da internet

Pesquisa na cidade de São Paulo revela que 96% dos 1.400 internautas consultados continuarão comprando pela rede mundial de computadores

PUBLICIDADE

Por Agencia Estado
Atualização:

A maior parte dos consumidores que compram pela internet pretende continuar a usar este canal no curto prazo. Pesquisa realizada pelo Programa de Administração de Varejo (Provar-FIA ?USP) na cidade de São Paulo revelou que 96% dos 1.400 internautas consultados comprarão pela rede de fevereiro a abril, sendo que 82,3% deles vão adquirir livros, CDs ou DVDs. O próximo item mais mencionado foi eletroeletrônico (41,3%). Os produtos que apareceram na seqüência foram equipamentos de informática (31,6%), linha branca (29,8%), automóveis (10,6%), produtos para casa (5,2%). Apenas 4% não têm intenção de comprar novamente pela rede. O levantamento, realizado em parceria com a e-bit, empresa especializada em pesquisas pela internet, revelou também que a maior parte dos consumidores on-line é formada por mulheres, que respondem por 60% do total. As lojas virtuais mais lembradas foram Submarino e Americanas.com. O Provar pesquisa a cada trimestre a intenção de consumo de moradores da capital paulista desde outubro de 1999. As entrevistas são feitas em local de grande movimento. Pergunta-se sobre quais produtos estão na lista de interesse das pessoas. Não é levantado, entretanto, qual canal de venda será escolhido. Desde o ano passado, o órgão passou a investigar a tendência de consumo também pela internet, junto com o e-bit. Fazem parte do universo dos entrevistados apenas os internautas que já compram pela rede.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.