PUBLICIDADE

Amazon Music lança catálogo de 100 milhões de músicas sem anúncios para assinantes Prime

Seleção pode ser escutada no modo aleatório sem custo adicional para quem assina o serviço da empresa

Atualização:

A Amazon anunciou nesta terça-feira, 1º., que está aumentando o catálogo de músicas disponível no Amazon Music para assinantes Prime — modalidade de assinatura que inclui entregas, streaming de vídeo e games. A biblioteca passa de 2 milhões para 100 milhões de músicas que podem ser reproduzidas sem anúncio em modo aleatório, além de podcasts na plataforma.

PUBLICIDADE

A novidade é um passo no mercado para conquistar principalmente usuários que já utilizam a assinatura Prime, afirma Federico Pedersen, diretor do Amazon Music na América Latina. De acordo com Pedersen, a disponibilidade maior do catálogo pode ajudar a conquistar clientes e aumentar a visualização do serviço.

“Quando lançamos o Amazon Music na América Latina, tínhamos 50 milhões de músicas apenas. Agora, estamos lançando esse catálogo completo em modo aleatório como parte de uma experiência musical para os usuários”, explica Pedersen, em entrevista ao Estadão.

O Amazon Music chegou no Brasil em 2019 e é um importante aliado da assistente de voz da empresa, a Alexa. Isso porque toda vez que algum usuário “pede” para um dispositivo com Alexa tocar uma música, o sistema da assistente acessa diretamente a biblioteca do streaming da empresa.

‘A experiência de música em dispositivos Alexa é uma parte importante do que os usuários fazem nesses aparelhos”, afirma Pedersen. O Amazon Music é parte disso e aumentar o catálogo de música, especialmente com a interação com assistentes de voz, é uma forma boa de cobrir essas necessidades”.

A assinatura independente do serviço — o Amazon Music Unlimited —, continua disponível para usuários que quiserem ter opções mais “exigentes” como a possibilidade de escolher faixas de música e ouvir áudios em qualidade HD e espacial.

A adição na biblioteca é um movimento importante para a operação do serviço na América Latina. Por aqui, concorrentes como o Spotify têm encontrado terreno para crescer em número de usuários com contas gratuitas e em assinaturas pagas — ao todo, o Spotify possui 456 milhões de usuários e viu o número de contas ativas crescer 20% no último trimestre apenas na América Latina. Nos planos pagos, o app sueco soma 195 milhões de usuários.

Publicidade

De acordo com Pedersen, já são 200 milhões de assinantes do serviço Prime no mundo inteiro e o catálogo expandido deve chegar já nessa semana para todos os países.

O Amazon Music Unlimited custa R$16,90 por mês. Já a opção de escutar as músicas no modo aleatório está incluída na assinatura do Amazon Prime, que custa R$ 14,90 mensais.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.