Samsung supera Apple e volta a ser a maior fabricante de celulares do mundo

Mercado de smartphones teve crescimento pelo terceiro trimestre consecutivo

Foto do author Henrique Sampaio
Por Henrique Sampaio
Atualização:

A Samsung recuperou o posto de maior vendedora de celulares do mundo, superando a rival Apple. A fabricante do iPhone havia ocupado o primeiro lugar no consolidado de 2023, desbancando a Samsung pela primeira vez em uma década, mas já perdeu novamente o posto para a sul coreana.

Segundo a consultoria IDC, no primeiro trimestre de 2024, a Samsung vendeu 60,1 milhões de celulares em todo o mundo, o que representa 20,8% da participação de mercado. Já a Apple vendeu 50,1 milhões de aparelhos para 17,3% do mercado. Embora ambas as empresas tenham tido uma queda nas vendas em relação ao primeiro trimestre de 2023, a da Apple foi muito mais acentuada: -9,6% da Apple contra apenas -0,7%.

Apesar da queda nas vendas da Samsung e Apple, mercado de smartphones teve um crescimento pelo terceiro trimestre consecutivo Foto: Bruna Arimathea/Estadão

PUBLICIDADE

No restante do top 5, todas as outras companhias são chinesas: Xiaomi em terceiro lugar, com 40,8 milhões de unidades, Transsion em quarto, com 28,5 milhões, e Oppo com 25,2 milhões, na quinta posição.

Apesar da queda nas vendas das empresas líderes, houve um aumento de 7,8% nas vendas de smartphones em todo o mundo, em relação ao mesmo período do ano passado, marcando um terceiro trimestre consecutivo de crescimento.

Segundo a IDC, houve um crescimento no valor e nos preços médios de venda em função da preferência dos consumidores por modelos mais caros mas também mais duradouros. Juntamente com outros dados, isso indicaria um fortalecimento do mercado de smartphones.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.