Bolsas europeias fecham em queda

As ações europeias fecharam em baixa nesta quinta-feira, retrocedendo das máximas em nove semanas na véspera, com dados mais fracos que o esperado da China levantando temores sobre as perspectivas da economia global.

REUTERS

13 Outubro 2011 | 14h17

O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações da Europa, fechou em queda de 1,09 por cento, aos 966 pontos.

"Os ganhos nos últimos dias foram muito rápidos e isso quase produziu uma posição tecnicamente sobrecomprada", disse o estrategista-chefe da Brewin Dolphin, Mike Lenhoff.

"Isso pode ser visto como uma realização de lucro relativamente de curto prazo e com sorte não vai resultar em uma completa reversão da tendência de recuperação que temos visto."

Os bancos figuraram entre os maiores perdedores da sessão, com o índice europeu do setor recuando 3,68 por cento. O italiano UniCredit desabou 12,1 por cento, com preocupação sobre sua saúde financeira.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em baixa de 0,71 por cento, a 5.403 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 1,33 por cento, para 5.914 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 1,33 por cento, a 3.186 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 3,71 por cento, para 15.894 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 retrocedeu 0,92 por cento, a 8.943 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 encerrou com variação negativa de 1,67 por cento, aos 6.021 pontos.

(Por Atul Prakash)

Mais conteúdo sobre:
BOLSAEUROPA FECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.