Caso Isabella: médico atende Anna Carolina em presídio

Anna Carolina Jatobá, acusada pelo assassinato de sua enteada, Isabella Nardoni, foi atendida hoje por um médico particular por causa de uma hemorragia. O profissional foi levado até a Penitenciária Feminina Santa Maria Eufrásia Pelletier, em Tremembé, no interior de São Paulo, pelos advogados de defesa Rogério Neres de Sousa e Ricardo Martins. Os relatos são de que Anna Carolina está deprimida, chora muito e tem se alimentado mal.O médico fez uma avaliação física e psicológica da detenta, segundo o advogado Marco Polo Levorin, que coordena a defesa de Anna Carolina e de seu marido Alexandre Nardoni, também acusado pelo crime. Levorin disse não ter detalhes sobre o quadro de saúde da cliente. Anna Carolina está em uma cela isolada da penitenciária, desde o dia 8, quando foi transferida da Penitenciária Feminina de Sant''Anna, na zona norte de São Paulo, onde havia risco a sua integridade física.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.