Chega a 10 total de pacientes com dengue tipo 4 em SP

A Secretaria de Saúde confirmou hoje que chega a dez o número de pacientes com o vírus da dengue tipo 4 no Estado de São Paulo. Dois moram em São José do Rio Preto (a 440 quilômetros de São Paulo) e outros oito em cidades vizinhas. A Secretaria não informou em quais cidades moram esses pacientes e nem o estado de saúde deles, mas disse que nenhum óbito pela doença foi registrado este ano em São Paulo.

CHICO SIQUEIRA, Agência Estado

12 de abril de 2011 | 19h03

O primeiro caso do vírus tipo 4 isolado no Estado foi relatado em 4 de abril, numa mulher de 31 anos, moradora do Jardim Vivendas, bairro de classe média alta de São José do Rio Preto. A mulher, que está curada, ficou internada e teria viajado para uma cidade vizinha de Rio Preto, cujo nome não foi revelado pelas autoridades de saúde. O segundo caso, anunciado ontem, é o de uma mulher de 43 anos, moradora no distrito rural de Talhados. Nenhuma das duas teria viajado para Estados com o vírus tipo 4.

De acordo com a Secretaria, os oito casos foram relatados na tarde de ontem pelo Instituto Adolfo Lutz, que isolou o vírus.

De acordo com a Secretaria, o Centro de Vigilância Epidemiológica está comunicando os serviços municipais sobre a ocorrência dos casos, recomendando maior atenção a possíveis novos casos do tipo 4 e cobrando rigor nas medidas de contenção contra o mosquito transmissor da dengue.

Segundo a assessoria da Secretaria, embora a circulação do vírus tipo 4 seja nova, ela não altera a rotina do trabalho de combate ao mosquito ou do manejo clínico de casos suspeitos nos serviços de saúde. A preocupação maior, de acordo com a Secretaria, é com pessoas que foram contaminadas pelos outros tipos da doença, que podem ter o estado de saúde agravado caso venham a se contaminar com o tipo 4.

Os sintomas da dengue são os mesmos para os quatro tipos de vírus: febre alta, dores de cabeça, cansaço, dor muscular e nas articulações, indisposição, enjoos, vômitos e manchas vermelhas na pele, acompanhadas ou não de dores abdominais e sangramentos espontâneos. Os pacientes com esses sintomas devem hidratar-se, não tomar remédios por conta própria e procurar imediatamente orientação médica em um serviço de saúde.

Mais conteúdo sobre:
saúdedenguevírustipo 4SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.