Chuva abre cratera de mais de 50m na Transamazônica

As fortes chuvas dos últimos dias criaram uma cratera de mais de 50 metros de profundidade em trecho na altura do quilômetro 510 da Transamazônica (BR 230). O trecho da estrada sem asfalto é a única via de acesso terrestre a três municípios do sul do Amazonas (Humaitá, Apuí e Novo Aripuanã) e um do Pará (Jacareacanga). De acordo com a prefeitura de Apuí, o município está dependendo agora de mantimentos que chegam por via aérea ou barcos. Ainda segundo a prefeitura, um aviso foi enviado ao Departamento Nacional de Infra-Estrutura em Transportes (Dnit) e foi informado que uma equipe segue amanhã de Brasília até o local para providenciar o reparo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.