Comandantes do Fatah entregaram Gaza ao Hamas, diz comissão

Relatório afirma que Autoridade Palestina não estava preparada para golpe.

Guila Flint, BBC

21 Fevereiro 2008 | 20h00

A comissão de inquérito que investigou o conflito entre facções palestinas na Faixa de Gaza, em junho de 2007, chegou à conclusão de que vários dos comandantes do Fatah colaboraram com o Hamas e entregaram o controle dos quartéis sem combate.Segundo a comissão, as forças de segurança da Autoridade Palestina não estavam preparadas para o golpe do Hamas.A comissão, nomeada em julho de 2007 pelo presidente palestino Mahmoud Abbas, apresentou nesta quinta-feira um relatório em que advertem que um golpe semelhante ao ocorrido em Gaza pode acontecer na Cisjordânia.O chefe da comissão, Taieb Abdel Rahim, declarou que, para impedir que o Hamas tome o poder na Cisjordânia como fez na Faixa de Gaza, as forças de segurança da Autoridade Palestina devem se reorganizar, constituir um Estado-Maior e nomear um chefe do Estado-Maior que concentre o comando de todos os órgãos de segurança.InfiltradosSegundo o relatório, vários militantes do Hamas conseguiram se infiltrar nas forças de segurança da Autoridade Palestina na Faixa de Gaza antes do golpe, e isso facilitou a tomada de poder pelo Hamas.A comissão também determinou que os comandantes do Fatah que colaboraram com o Hamas sejam afastados e julgados."Comandantes das forças de segurança da Autoridade Palestina ignoraram advertências de que as forças do Hamas estavam planejando a invasão do quartel do presidente", disse o relatório."Durante o golpe, o comandante do quartel abandonou seu posto e não foi declarado um estado de alerta nas bases da Autoridade Palestina na Faixa de Gaza", acrescentou o documento."A falta de liderança afetou os guardas, e muitos depuseram suas armas e abandonaram seus postos."OrganizaçãoA comissão aponta uma falta de organização das forças de segurança palestinas frente ao golpe do Hamas, que acabou levando à expulsão do Fatah do poder na Faixa de Gaza. Vários lideres do Fatah fugiram da Faixa de Gaza naquela época, depois que alguns militantes do grupo foram linchados por integrantes do Hamas.De acordo com Sufian Abu Zeida, um dos líderes do Fatah na Faixa de Gaza, vários dos colaboradores com o Hamas permanecem em suas funções.Em uma entrevista à rádio pública de Israel, Abu Zeida afirmou que, em junho do ano passado, "o Fatah foi pego completamente despreparado para um confronto com o Hamas e não tinha nenhum plano de ação".Desde junho de 2007, quando o Hamas tomou à força o poder na Faixa de Gaza, os territórios palestinos estão divididos. A Faixa de Gaza se encontra sob controle do Hamas e a Cisjordânia, sob controle do Fatah, partido do presidente palestino Mahmoud Abbas.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.