Comboio militar da Otan é atacado em base diplomática de Cabul

Um comboio militar da coalizão da Força de Segurança e Assistência Internacional (Isaf, na sigla em inglês), liderada pela Otan, foi bombardeado do lado de fora da sua base diplomática em Cabul, neste sábado, mas nenhum soldado foi ferido, segundo a própria Isaf.

Reuters

04 de janeiro de 2014 | 16h24

A base é próxima das embaixadas da Alemanha e Itália.

Fontes de segurança disseram que o objetivo da bomba era um comboio militar próximo à entrada da base, mas o comunicado da Isaf diz que houve apenas a "detonação de um explosivo improvisado nos arredores de Camp Eggers".

O comunicado acrescentou que "informações iniciais não indicam nenhuma morte".

Repórteres da Reuters ouviram sirenes, helicópteros e um alto-falante convocar as tropas a prepararem suas armas e assumirem posições defensivas.

Separadamente, a Isaf disse que um membro da força foi morto em um ataque suicida no oeste do Afeganistão, neste sábado.

Outra explosão no sul da capital não machucou ninguém. "Havia uma mina pequena, posicionada por inimigos do Afeganistão, mas não houve mortes", disse um porta-voz da polícia.

(Por Jessica Donati e Mirwais Harooni)

Mais conteúdo sobre:
ATAQUEIRAQUE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.