Forças de segurança da Nigéria matam 13 membros de quadrilha

Forças de segurança da Nigéria mataram 13 membros de um grupo suspeito de sequestrar um cidadão turco, em um ataque durante a madrugada em seu esconderijo no Estado produtor de petróleo Rivers, disse a polícia neste sábado.

Reuters

03 de novembro de 2012 | 13h50

Uma equipe de policiais e soldados invadiram o acampamento no começo da sexta-feira e matou 13 membros da quadrilha em um tiroteio, disse o porta-voz da Polícia de Rivers, Ben Ugwuegbulam à Reuters. Ele não deu detalhes sobre o que aconteceu com o turco, chamado por ele de Bayram Karakus.

Sequestros extorsivos são comuns no litoral do Delta do Níger, que abriga a maior indústria de petróleo africana. A maioria dos sequestrados é de nigerianos, mas trabalhadores do setor de petróleo e construção também são alvos.

(Por Tife Owolabi)

Tudo o que sabemos sobre:
NIGERIAPOLICIASEQUESTRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.