Fortes resultados corporativos impulsionam alta de ações europeias

As ações europeias fecharam em alta nesta terça-feira, revertendo a queda da sessão anterior, uma vez que resultados trimestrais melhores que o esperado de uma série de empresas importantes, incluindo o grupo farmacêutico Novartis e o banco UBS, ajudaram a aumentar a confiança do mercado.

ALISTAIR SMOUT, REUTERS

28 de outubro de 2014 | 17h27

O índice FTSEurofirst 300 <.fteu3>, que reúne os principais papéis do continente, subiu 0,92 por cento, a 1.317 pontos.

Os ganhos na Europa foram estimulados pelo índice alemão DAX <.gdaxi>, que subiu 1,9 por cento, e por mercados periféricos da zona do euro, como Espanha e Itália.

As bolsas na França e na Reino Unido, contudo, tiveram altas menos expressivas, afetadas pela queda da farmacêutica francesa Sanofi e do Standard Chartered Bank , depois que ambos divulgaram resultados abaixo do esperado.

"Ainda vemos um mercado forte a caminho do fim do ano, depois da recente fraqueza e permanecemos com tendência de alta", disse o diretor de negociações da Guardian Stockbrokers, Atif Latif.

"Os balanços têm sido positivos nas últimas semanas e os dados macro com tendência de alta".

As ações o UBS tiveram o maior ganho, de 5,8 por cento, depois que o banco superou as projeções, ao registrar alta de 32 por cento no lucro líquido em relação ao ano anterior. A farmacêutica suíça Novartis e a empresa de telecomunicações holandesa KPN também subiram após seus resultados ficarem acima das expectativas.

Cerca de um quarto das empresas listadas no STOXX Europe 600 <.stoxx> já divulgaram seus resultados e 66 por cento delas atingiram ou superaram as projeções de lucro, enquanto 61 por cento atingiram ou superaram as expectativas para as receitas, segundo dados da Thomson Reuters Starline.

Em LONDRES, o índice Financial Times <.ftse> avançou 0,61 por cento, a 6.402 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX <.gdax> subiu 1,86 por cento, a 9.068 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 <.fchi> ganhou 0,39 por cento, a 4.112 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib <.ftmib> teve alta de 2,35 por cento, a 19.476 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 <.ibex> registrou alta de 1,96 por cento, a 10.394 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 <.psi20> teve ganho de 2,19 por cento, a 5.240 pontos.

Mais conteúdo sobre:
BOLSAEUROPAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.