Governo reajusta benefícios do INSS em 6,2%--DOU

O governo publicou no Diário Oficial da União desta sexta-feira reajuste de 6,20 por cento nos benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) a partir do início deste mês, após ter aprovado no final do ano passado aumento do salário mínimo para 678 reais.

Reuters

11 de janeiro de 2013 | 08h22

Segundo a portaria publicada pelos Ministérios da Fazenda e da Previdência Social, "o salário-de-benefício e o salário-de-contribuição não poderão ser inferiores a 678,00 reais, nem superiores a 4.159 reais".

Na véspera, o ministério da Previdência afirmou que com a correção de 6,20 por cento, os 9,2 milhões de benefícios acima do piso previdenciário representarão impacto líquido de 9,2 bilhões de reais.

A pasta informou também que o novo salário mínimo de 678 reais atinge 20 milhões de benefícios e representa impacto líquido de 10,7 bilhões de reais nos benefícios do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) em 2013.

Para ver mais detalhes, acesse: http://www.in.gov.br/visualiza/index.jsp?data=11/01/2013&jornal=1&pagina=46&totalArquivos=88

(Por Alberto Alerigi Jr., edição de Tiago Pariz)

Mais conteúdo sobre:
GOVERNOPREVIDENCIAREAJUSTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.