Amauri Nehn/Brazil Photopress/AE
Amauri Nehn/Brazil Photopress/AE

Incêndio em favela na zona sul de São Paulo deixa três mortos

Fogo em moradias da Comunidade da Ilha, na região de Heliópolis, deixou 17 feridos e 860 desabrigados; causas ainda são desconhecidas

Carla Araújo - Agência Estado

07 de julho de 2013 | 11h29

Um incêndio na madrugada deste domingo, 7, atingiu cerca de 40 moradias e deixou ao menos três mortos e 17 feridos, na Comunidade da Ilha, na região de Heliópolis, zona sul de São Paulo, segundo o Corpo de Bombeiros. Segundo a Defesa Civil, 860 pessoas ficaram desabrigadas.

O local fica na Avenida Almirante Delamare, na altura do número 500, esquina com a Rua Coronel Silva Castro, próximo ao Pronto-Socorro Municipal de Heliópolis, que chegou a ser atingido, mas não sofreu danos.

O incêndio começou por volta da 1h e foi controlado às 4h, de acordo com o Corpo de Bombeiros. Participaram da ação 24 equipes dos bombeiros, com 60 homens, e mais caminhões-pipa da Prefeitura. Segundo informações preliminares dos Bombeiros, a área atingida pelas chamas era de 300 metros. O incêndio chegou a atingir parte de um hospital.

Após controlar as chamas, o trabalho de rescaldo no local continuou sendo feito nesta manhã. Por volta das 10h, equipes da Defesa Civil e da Eletropaulo foram acionadas, segundo informações dos Bombeiros.

Ainda de acordo com o Corpo de Bombeiros, das oito vítimas feridas quatro foram atendidas no local e outras quatro foram encaminhadas ao Pronto-Socorro Heliópolis. As três vítimas fatais tiveram os corpos carbonizados. Até o momento, não há informações sobre a identidade das vítimas e as causas do acidente.

Tudo o que sabemos sobre:
IncêndioHeliópolis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.