Iraque confirma primeiro caso de gripe aviária

As autoridades do Iraque divulgaram nesta segunda-feira que uma menina de 15 anos, que morreu neste mês, foi a primeira vítima da gripe aviária no país. Testes estão sendo feitos para determinar se o tio da garota, que morava na mesma casa, também morreu em decorrência da doença. O Iraque passou a separar aves domésticas no Norte do país, que faz fronteira com a Turquia, onde pelo menos 21 pessoas morreram infectadas pelo vírus H5N1.Os dois países fazem parte da rota de várias aves migratórias. "Nós anunciamos com pesar o primeiro caso de gripe aviária no Iraque" disse Ministro da Saúde, Abdel Mutalib Mohammed.Amostras de sangue foram enviadas a um laboratório na Inglaterra a pedido da Organização Mundial de Saúde para que se tenha absoluta certeza da contaminação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.