Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Ladrões disfarçados de policiais roubam banco em AL

Um grupo de assaltantes, disfarçados de policiais federais, assaltou um banco na madrugada de hoje na cidade de São Luís do Quitunde, a 63 quilômetros de Maceió (AL). Os assaltantes chegaram ao posto avançado do banco Bradesco, que fica próximo à Usina Santo Antonio, por volta das 3 horas da manhã. O alvo do grupo era o dinheiro dos terminais eletrônicos, que foram esvaziados.

RICARDO RODRIGUES, Agência Estado

25 de fevereiro de 2011 | 10h56

De acordo com informações do Grupamento de Polícia Militar (GPM) de São Luís, os bandidos chegaram ao banco vestidos como policiais, por isso não despertaram suspeita. Os quatro teriam se aproximado da agência e acionado os dois vigilantes, afirmando serem agentes federais. Quando os vigias abriram a agência, foram rendidos.

Ainda segundo a PM, os bandidos teriam usado explosivos para abrir os terminais eletrônicos, que haviam sido abastecidos para realizar o pagamento dos funcionários da usina. A instituição bancária não divulgou o montante levado.

Após a ação criminosa, que durou apenas alguns minutos, os assaltantes deixaram o local em uma caminhonete de cor prata, cuja placa não foi anotada. De acordo com o tenente Figueiredo, a PM só foi acionada por volta das 5 horas, impossibilitando uma perseguição mais ostensiva aos assaltantes.

Mesmo assim, por determinação da Secretaria da Defesa Social, a polícia intensificou a fiscalização nas fronteiras do Estado, mas até o momento ninguém foi capturado. A perícia foi acionada para realizar os levantamentos no local do assalto.

Nordeste

Segundo informações da polícia, este seria o terceiro assalto a banco com explosivo no interior de Alagoas. Em todo o Nordeste, só este ano, já passa de 27 o número de assaltos a bancos e terminais de caixas eletrônicos. As quadrilhas operam com armamentos pesados, rendem policiais e vigilantes, e usam explosivos para dinamitar os caixas eletrônicos.

Pelo menos 25 suspeitos desses assaltos já foram presos na Paraíba, onde foram apreendidas armas, dinheiro e grande quantidade de explosivos. A Polícia Federal tem participado das investigações, principalmente em Pernambuco, onde a ajuda foi solicitada pela Secretaria de Segurança Pública do Estado.

Tudo o que sabemos sobre:
bancoladrõesdisfarcepolíciaAL

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.