Ministério prorroga vacinação contra H1N1 até 7 de maio

O Ministério da Saúde prorrogou para até o dia 7 de maio o prazo para vacinação contra a Influenza A (H1N1), a chamada gripe suína, para gestantes, doentes crônicos, crianças de seis meses a menores de 2 anos e jovens de 20 a 29 anos. Pelo cronograma antigo, esses grupos de pessoas deveriam ter sido vacinadas até a última sexta-feira. Mas de acordo com a pasta, até as 12 horas de hoje foram vacinadas 36,9 milhões de brasileiros, o que representa 60% da meta.

LÍGIA FORMENTI, Agência Estado

26 de abril de 2010 | 14h02

"Com os números atuais, estamos ficando um pouco mais otimistas. É preciso que a população procure um posto mais próximo e se proteja contra a doença", afirmou o ministro da Saúde, José Gomes Temporão.

A cobertura de jovens de 20 a 29 anos ultrapassou o total de 20 milhões de doses aplicadas, o que representa 57% da meta do grupo. Entre as gestantes a cobertura atingiu 1,76 milhão, o equivalente a 59% do público alvo. Entre os doentes crônicos, em todas as idades, foram vacinados até hoje 58% do público estimado.

A mobilização contra a gripe suína ocorre simultaneamente com a ação de vacinação contra a gripe comum, destinada a pessoas com mais de 60 anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.