Ministros discutem esboço de documento final da Rio+20

Vinte e dois ministros do governo Dilma Rousseff, liderados por Antonio Patriota (Relações Exteriores) e Izabella Teixeira (Meio Ambiente) se reuniram nesta quarta-feira (08) para discutir no Itamaraty o "zero draft", esboço do documento final da conferência Rio+20.

RAFAEL MORAES MOURA E CÉLIA FROUFE, Agência Estado

08 de fevereiro de 2012 | 21h20

"Há um sentimento de que devemos ser ambiciosos e de que o Brasil tem uma liderança natural a exercer, pelos exemplos e conquistas realizados até aqui há muito o que fazer", disse Patriota, após as quatro horas de discussão que mobilizou representantes do governo, do Congresso Nacional e da sociedade civil. "Valorizar as nossas conquistas não significa subestimarmos os desafios que temos pro futuro", afirmou o ministro.

Para Patriota, entre as insuficiências do "zero draft" estão os temas de agenda social, direitos humanos e a questão de governança, que devem ser aprimorados.

A ministra Izabella Teixeira, por sua vez, negou que exista dentro do governo temor de que a conferência acabe esvaziada. "Pelo contrário, há grande mobilização dos países e da sociedade", afirmou.

A próxima reunião da Comissão Nacional para a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20) ocorre em 8 de março. A conferência Rio+20 ocorre de 13 a 22 de junho deste ano.

Tudo o que sabemos sobre:
RIO+20ITAMARATY

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.