Multidão faz manifestação em apoio a opositor Mousavi no Irã

Uma grande multidão de partidários do líder da oposição Mirhossein Mousavi, que se reuniu no centro de Teerã após as orações desta sexta-feira, foi dispersada por forças de segurança, segundo testemunha.

REUTERS

17 Julho 2009 | 08h58

"Eles estavam vestindo pulseiras verdes e carregando imagens de Mousavi enquanto mostravam o sinal da vitória", disse uma testemunha. O verde foi a cor que simbolizou a campanha de Mousavi na última eleição presidencial.

Segundo testemunha, a polícia usou gás lacrimogêneo e entrou em confronto com os manifestantes.

"A polícia usou bomba de gás lacrimogêneo e bateu em partidários de Mousavi no bulevar Keshavarz. Os manifestantes carregavam faixas verdes. E entoavam ...'(presidente Mahmoud) Ahmadinejad, renuncie, renuncie'", disse uma testemunha.

Mais cedo, a polícia iraniana deteve ao menos 15 pessoas e usou gás lacrimogêneo e cassetetes para dispersar os partidários do líder da oposição Mousavi do lado de fora da Universidade de Teerã nesta sexta-feira, segundo uma testemunha.

O incidente ocorreu enquanto o ex-presidente Akbar Hashemi Rafsanjani liderava as orações de sexta-feira dentro do campus universitário.

Partidários de Mousavi do lado de fora entoavam frases pedindo a libertação das pessoas detidas desde o mês passado na contestada eleição presidencial e pediam a renúncia do presidente Mahmoud Ahmadinejad enquanto a polícia tentava dispersar a multidão, disse uma testemunha.

Mais conteúdo sobre:
IRAN PROTESTO MOUSAVI*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.