País já registra 36 mortes por gripe suína este ano

Dados do Sistema Nacional de Agravos de Notificação (Sinan), do Ministério da Saúde, revelam que 36 pessoas morreram este ano, no período de 3 de janeiro ao dia 20 deste mês, devido ao vírus da Influenza A (H1N1), popularmente conhecida como gripe suína. Nesse intervalo, foram notificados por esse sistema 136 óbitos em todo o Brasil. Do total, 26,4% (36) foram confirmados, 15,4% (21) estão sob investigação e 58,1% foram descartados para o vírus da nova gripe.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

26 de março de 2010 | 11h25

Dentre as mortes confirmadas por causa da gripe A, 66,7% (24) dos casos ocorreram na região Norte. Segundo registros no sistema, do total de óbitos confirmados, 41,7% (15) apresentaram pelo menos uma comorbidade referida. O levantamento aponta ainda que 77,8% (26) eram do sexo feminino, 64,3% (18) estavam em idade fértil (15-49 anos) e 61,1% (11) eram gestantes.

No período de 3 de janeiro a 20 de março foram notificados 1.583 casos da doença. Deste total, 16% (255) foram confirmados para a influenza pandêmica no Brasil. A região Sudeste apresenta a maior proporção de casos notificados, com 41,1% (650). Entretanto, a região Norte apresenta a maior proporção de casos confirmados, 61,2% (156), indicando mais intensidade de circulação viral nesta região.

Mais conteúdo sobre:
saúdegripe suínamortesBrasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.