Paraná avança na colheita de trigo com boas produtividades, diz Deral

A colheita de trigo no Paraná avançou para 18 por cento da área plantada, ante 11 por cento uma semana atrás, disse nesta terça-feira o Departamento de Economia Rural (Deral), do governo paranaense.

REUTERS

09 Setembro 2014 | 15h41

O Brasil está a caminho de colher uma safra recorde de trigo de 7,67 milhões de toneladas em 2014, informou nesta terça-feira a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), e o Paraná será responsável por cerca de metade deste volume.

O Deral estima que a safra do Estado será de 3,98 milhões de toneladas, uma recuperação de 111 por cento ante 2013, ano em que o clima derrubou as produtividades das lavouras na região.

"Tivemos chuvas no fim de semana, mas o clima não tem atrapalhado. As produtividades reportadas até agora são boas", disse a engenheira agrônoma Juliana Yagushi, do Deral.

Das lavouras ainda não colhidas, 60 por cento estão nas fases de desenvolvimento, floração e frutificação, em que ainda há maior risco climático, com danos podendo ser causados pelo frio ou por doenças provocadas pela umidade.

"Ainda temos uma porcentagem de áreas com risco. O clima é determinante para a produtividades, mas o que temos até agora, de maneira geral, é uma boa safra", disse a engenheira agrônoma.

O Deral classificou 85 por cento das lavouras de trigo do Estado como "boas", graduação máxima, contra 13 por cento de condição "média" e apenas 2 por cento "ruins".

(Por Gustavo Bonato)

Mais conteúdo sobre:
COMMODSTRIGOPARANA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.