Pelo menos 354 pessoas são intoxicadas por chumbo na China

Pelo menos 354 pessoas, entre elas 146crianças, foram intoxicadas por chumbo causado por uma fundição da província de Gansu, no noroeste da China, segundo fontes oficiais. As informações oficiais desmentem o número de 2 mil vítimas citado pela imprensa independente de Hong Kong. Os envenenamentos por chumbo podem ser causados pela poluição ambiental e pelo consumo de água poluída. Todos as vítimas são moradores das localidades de Xinsi e Muba, disse o diretor do departamento de propaganda de Shuiyang, Hu Hongtao, citado pela agência estatal de notícias Xinhua. Hu afirmou que nenhum dos pacientes se encontra em estado grave. O jornal "South China Morning Post" informou na quarta-feira que pelo menos2 mil pessoas, entre elas 300 crianças, passaram pelo hospital de Xian com sintomas de envenenamento por chumbo. A fundição foi fechada em agosto após a descoberta do primeiro caso e a abertura de uma investigação. Mas os moradores denunciam que há cinco anos protestam contra a poluição da água e do ar. "A produção de grãos tem caído nos cinco últimos anos e as folhas das verduras estavam cobertas com uma película negra que ninguémpodia eliminar", afirmou Cheng Mei, uma mulher de 24 anos, que espera os resultados dos exames de seu filho. Segundo um recente relatório, de 10% a 20% das crianças chinesas têm mais de 100 microgramas de chumbo por litro de sangue, um graude contaminação perigoso, que pode influir no desenvolvimento e no sistema nervoso.

Agencia Estado,

07 de setembro de 2006 | 01h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.