Pesquisa testa vacina para vítimas de fibrose cística

Teste mostra vacina promissora contra infecção que acompanha a doença

Agencia Estado

21 de junho de 2007 | 12h11

Uma vacina para evitar uma infecção perigosa que freqüentemente atinge pacientes de fibrose cística é possível, mas ainda requer mais pesquisas, diz um grupo de cientistas da Alemanha. Fibrose cística é um mal hereditário, no qual um muco espesso afeta os pulmões e o sistema digestivo. O problema afeta cerca de 80.000 pessoas em todo o mundo.Com o passar do tempo, cerca de 80% dos pacientes da doença acabam desenvolvendo uma infecção pelo micróbio Pseudomonas aeruginosa. Pesquisadores liderados por Gerd Doering, da Universidade de Tübingen, na Alemanha, testaram uma vacina contra o Pseudomonas e descrevem suas descobertas na edição desta terça-feira, 19, da revista Proceedings of the National Academy of Sciences.Em 14 meses, 37 pacientes desenvolveram a infecção, de 189 tratadas com a vacina. Em comparação, dos 192 tratados com placebo, 59 desenvolveram a doença."Esta é a primeira demonstração de que, em fibrose cística, a vacinação contra infecção de Pseudomonas aeruginosa nos pulmões pode ser bem-sucedida", disse Doering, acrescentando, no entanto, que mais estudos ainda são necessários.

Tudo o que sabemos sobre:
fibroseinfecçãovacina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.