Piora estado de saúde da escritora Zélia Gattai

Escritora e viúva de Jorge Amado, de 91 anos, está internada há um mês em hospital de Salvador

ALVARO FIGUEIREDO, Agencia Estado

17 de maio de 2008 | 12h38

O novo boletim médico do Hospital da Bahia divulgado na manhã deste sábado, 17, informa que o estado de saúde da escritora Zélia Gattai evoluiu com "extrema gravidade" nas últimas 12 horas. "O quadro clínico de choque circulatório mostra-se irreversível", diz o boletim, assinado pelos médicos Jadelson Andrade, Jorge Pereira e Izio Kowes. A autora de Anarquistas, Graças a Deus e viúva de Jorge Amado, de 91 anos, está internada desde 30 de março e encontra-se sedada, com medidas de suporte ventilatório para auxiliar na respiração. Submetida à cirurgia para remoção de um pólipo no intestino, Zélia reagiu lentamente, e apresenta desde a madrugada problemas pulmonares, renais e arteriais, que sinaliza para um quadro de falência múltipla dois órgãos, de acordo com avaliação da equipe médica que a assiste desde sexta-feira, quando o quadro, que era crítico, se agravou.  Uma infecção urinária deu início à crise de saúde da autora de Anarquistas Graças a Deus. Zélia sofre de insuficiência cardíaca e edema agudo pulmonar. No ano passado teve embolia pulmonar e submeteu-se a pelo menos três outras internações, para tratar, inclusive, de uma queda. Ainda esta tarde ou a qualquer momento um novo boletim será anunciado. Zélia é membro da Academia Brasileira de Letras, onde ocupa a cadeira que pertenceu a seu marido, o escritor Jorge Amado.

Mais conteúdo sobre:
Zélia Gattai

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.