Prova Brasil será realizada em todo o País em novembro

A avaliação universal será feita a cada dois anos. Cada Estado e município tem metas a cumprir nesse período

Lisandra Paraguassú, Agência Estado

10 de agosto de 2007 | 19h47

A segunda edição da Prova Brasil, a avaliação aplicada pelo Ministério da Educação com todas as turmas de 4ª e 8ª séries do ensino fundamental, será feita em novembro. Os resultados da prova são usados, junto com dados de reprovação e evasão, para calcular o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de cada Estado, município e escola.   Na noite de quinta-feira, o ministro da Educação, Fernando Haddad, fez um pronunciamento para lembrar prefeitos, governadores e diretores de escolas da necessidade de participar da prova. A repetição do teste, feito pela primeira vez em 2005, servirá para que o ministério calcule se houve avanço das redes educacionais no Ideb nos últimos dois anos.   A avaliação universal será feita a cada dois anos. Cada Estado e município tem metas do Ideb a cumprir nesse período. O objetivo nacional é chegar a média de 6 pontos até 2021. No entanto, pela disparidade entre as redes, cada Estado tem uma meta a partir da sua situação atual. Apenas cinco Estados têm metas iguais ou superiores a seis.    O ministério pretende também avaliar alunos no fim do primeiro ciclo de alfabetização, no segundo ano do ensino fundamental.

Tudo o que sabemos sobre:
prova brasilidebavaliaçãoeducação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.