Reféns europeus mortos em tentativa de resgate na Nigéria

A mulher de um dos guardas que vigiavam um refém britânico e um italiano no norte da Nigéria disse neste sábado que os dois homens foram levados a um banheiro e mortos a tiros durante uma tentativa frustrada de resgate por forças britânicas e nigerianas.

REUTERS

10 Março 2012 | 11h34

A mulher, que se identificou apenas com o nome de Hauwa e disse ter 31 anos, chorou ao relatar o fato à Reuters. Segundo ela, seu marido foi morto no ataque.

Chris McManus e o italiano Franco Lamolinara foram sequestrados em maio passado, enquanto trabalhavam para uma companhia de construção no noroeste do país. Eles foram mortos em 8 de março pelos homens que os mantinham presos depois que tiros foram disparados em uma tentativa de resgate abortada.

O corpo de Lamolinara retornou à Itália neste sábado, onde recebeu honras por parte do ministro da Justiça.

As autoridades nigerianas detiveram cinco militantes islâmicos suspeitos de envolvimento no sequestro. Dois deles foram presos antes da tentativa de resgate e três no local onde o ataque frustrado ocorreu.

(Reportagem de Farouk Umar)

Mais conteúdo sobre:
NIGERIA REFENS MORTOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.