Reguladores da UE dão novo prazo para definição de negócio da Telefónica

Os reguladores antitruste da União Europeia estenderam para 26 de junho a data final para a decisão sobre a oferta de compra de 8,6 bilhões de euros da unidade alemã da KPN pela Telefónica, depois de receber dados adicionais da empresa espanhola.

Reuters

12 de maio de 2014 | 16h06

A medida da Comissão Europeia ocorre depois da interrupção da análise do acordo na semana passada, enquanto aguardava mais detalhes da maior empresa de telecomunicação por receita da Europa.

"Desde que a Telefónica entregou as informações requeridas, o relógio reiniciou a contagem em 8 de maio. A data final para a Comissão tomar uma decisão nessa investigação agora é 26 de junho", disse Antoine Colombani, porta-voz da Comissão para políticas concorrenciais.

Mais cedo este mês, a operadora espanhola fez mais concessões, em uma tentativa de aliviar as preocupações regulatórias de que o negócio poderia reduzir a competição e elevar preços no maior mercado da Europa.

A autoridade antitruste da UE abriu uma profunda investigação semana passada sobre o acordo, com a preocupação de que o negócio reduziria a competição no mercado alemão de televisão paga e telecomunicações.

(Reportagem de Foo Yun Chee)

Tudo o que sabemos sobre:
TELECOMTELEFONICAACORDOKPN*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.