'Somos totalmente inocentes', diz Ana Carolina Jatobá

O pai da menina Isabella Nardoni, o advogado Alexandre Nardoni e a madrasta, Ana Carolina Jatobá, voltaram a alegar a inocência em relação à morte da criança. Em chamada da entrevista que será divulgada hoje no programa Fantástico, da Rede Globo, ambos afirmaram que não assassinaram a garota, que foi jogada do sexto andar do prédio que morava, na zona norte de São Paulo. ?Somos totalmente inocentes?, afirmou Ana Carolina Jatobá.O pai e a madrasta disseram também que não maltrataram Isabella, como aponta o laudo feito pela polícia. O documento indica que a garota teria sido sufocada antes de ser jogada pela janela, o que não é confirmado pelos indiciados. ?Nunca encostei um dedo na minha filha. Ela (Ana Carolina Jatobá) era uma segunda mãe para Isabella?, disse o pai, Alexandre.Tanto o pai quando a madrasta defendem que uma terceira pessoa teria entrado no prédio, invadido o apartamento e jogado Isabella pela janela. O laudo da polícia descarta essa possibilidade e aponta para Alexandre e Ana Carolina Jatobá como os prováveis assassinos da menina.

ALEXANDRE INACIO, Agencia Estado

20 de abril de 2008 | 21h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.