Sorocaba-SP terá câmeras em 312 prédios públicos

Os 312 prédios públicos de Sorocaba (SP), incluindo postos de saúde e escolas da rede municipal, terão sistemas de monitoramento por câmeras. A Secretaria da Administração prepara licitação para a compra dos equipamentos e a instalação do serviço. Como, em média, serão usadas de seis a 12 câmeras em cada repartição, o número de equipamentos pode chegar a três mil.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

27 de março de 2013 | 18h21

A secretaria revogou licitação anterior que previa o monitoramento apenas na rede de ensino municipal. O sistema será gerenciado pela Guarda Civil Municipal (GCM). Uma base de operações será instalada na Secretaria de Segurança Comunitária.

A vigilância em áreas abertas também será ampliada com a instalação de câmeras interligadas a uma central de inteligência nas 34 vias de acesso à cidade. A central terá acesso à Rede Infoseg, banco de dados da Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça, possibilitando a identificação de veículos roubados pela leitura da placa. O projeto, conhecido como "muralha virtual", está em estudo e deve funcionar a partir de janeiro de 2014. Atualmente, o sistema de vigilância pública se resume a 41 câmeras instaladas na região central.

Tudo o que sabemos sobre:
câmeraSorocabaprédio público

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.