Suspeita de gripe aviária na Coréia do Norte

Uma mulher, que pode estar infectada pela gripe aviária, foi hospitalizada em dezembro na Coréia do Norte, e o ditador norte-coreano Kim Jong-il ordenou a erradicação da doença em frangos e outras aves, divulgou o chefe de uma organização de direitos humanos no Japão, nesta quarta-feira.Lee Young Hwa, líder do grupo de direitos humanos "Resgate as pessoas da Coréia do Norte" (RENK, na sigla em inglês) disse que há uma grande possibilidade que a mulher hospitalizada seja o primeiro caso da doença no país, mas ainda não há certeza. Lee também desconhece o paradeiro da mulher neste momento.O ativista também disse que houve casos de aves contaminadas em três localidades de Pyongyang, capital da Coréia do Norte, também em dezembro.Kim Jong-il ordenou aos oficias do governo que tomem medidas contra a doença.Lee disse que não sabe qual o vírus da gripe aviária é responsável pelas infecções na Coréia. O vírus H5N1 já matou milhões de aves em todo o mundo, além de no mínimo 80 pessoas. O ativista espera mais informações dentro de alguns dias.

Agencia Estado,

25 de janeiro de 2006 | 16h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.