Conteúdo Patrocinado

Estilo forte, amargor, aroma e sabor intenso: o que diferencia a puro malte das demais cervejas

Oferta de cervejas puro malte segue em ascensão no Brasil. Degustação às cegas do ‘Paladar’ elegeu a Spaten a melhor entre elas

PUBLICIDADE

Por Spaten e Estadão Blue Studio
Atualização:
2 min de leitura

Chegar a um bar e se deparar com uma ampla variedade de cervejas puro malte tornou-se algo corriqueiro para o consumidor brasileiro, refletindo um mercado com crescentes opções de rótulos premium. Mas você conhece as razões por trás do sucesso dessa cerveja? Elas podem não ser percebidas no primeiro gole, mas existem, e começam pela legislação.

Por lei, no Brasil, uma cerveja puro malte é considerada aquela que tem 100% de malte de cevada. Embora esse fato não determine a excelência de uma cerveja em relação às que não são puro malte, isso serve para diferenciá-las no rótulo.

Degustação às cegas do ‘Paladar’ elegeu a Spaten a melhor puro malte do mercado Foto: Divulgação/Spaten

Continua após a publicidade

A puro malte tem a propensão a ter mais corpo, aromas e sabores mais intensos. “A tendência é que seja uma cerveja mais encorpada”, afirma o professor do Instituto da Cerveja Brasil e dono do Escarcéu Bar, Edu Passarelli, um dos jurados do concurso do Paladar que elegeu a Spaten como a melhor puro malte do mercado brasileiro.

Ganhadora da degustação às cegas, a Spaten se destacou por, mesmo sendo uma cerveja forte e marcante, ter alto drinkability e harmonizar com alimentos e momentos diversos. “É fácil de beber, com boa estabilidade de espuma e amargor perceptível. Uma cerveja mais fresca do que o esperado para um produto comercial. Equilibrada, com notas de cereais e levemente frutada”, descreveram os jurados à época do concurso.

Eleita a melhor puro malte do Brasil pelo ranking do Paladar, a Spaten carrega uma tradição alemã iniciada em 1397, ao estilo Munich Helles, e que também traduz o estilo forte da cerveja, que atravessou o tempo e continua conquistando consumidores em todo o mundo. A cervejaria segue a tradição alemã em sua produção, mantendo controles rigorosos de qualidade desde a malteação da cevada até o produto final, como destaca a especialista em desenvolvimento de produtos da Ambev, Elisa Antas, que participou diretamente da chegada da Spaten ao Brasil.

Continua após a publicidade

“A Spaten é produzida com água, malte, lúpulo e levedura e mantém até hoje os rigorosos controles de qualidade e produção das tradicionais cervejas alemãs, não sendo permitido o uso de quaisquer tipos de auxiliares de produção, mantendo o processo o mais natural possível”, diz.

No entanto, para uma cerveja se destacar, não basta ser puro malte. É essencial contar com ingredientes de alta qualidade. Na Spaten, eles compõem um sabor forte e marcante, sem deixar de lado a refrescância e a suavidade, entregando uma combinação única ao paladar. “A escolha dos ingredientes é fundamental para garantir a qualidade sensorial da cerveja, bem como a estabilidade ao longo do tempo de validade. Na Spaten, usamos ingredientes que seguem a tradição cervejeira alemã, e a levedura completa o processo, dando o toque de suavidade que faz a Spaten ser forte e ao mesmo tempo fácil de beber”, comenta Elisa.

Para ela, a forte presença do malte tem papel primordial no prêmio no concurso do Paladar e tem contribuído para a Spaten conquistar novos consumidores desde a sua chegada ao mercado nacional em 2021. “É ele que fornece a base necessária para que os aromas e sabores sejam desenvolvidos durante os processos de fermentação da Spaten. Ou seja, o malte tem papel fundamental na qualidade do sabor e dos aromas que são tão marcantes no perfil sensorial da Spaten”, conclui a profissional da Ambev.