EXCLUSIVO PARA ASSINANTES
Foto do(a) coluna

Coluna do Estadão

| Por Roseann Kennedy

Roseann Kennedy traz os bastidores da política e da economia, com Eduardo Gayer e Augusto Tenório

Advogada do Prerrogativas vai substituir Lewandowski no Tribunal do Mercosul

Gisele Ricobom fica no cargo até que o governo Lula indique outra pessoa

PUBLICIDADE

Foto do author Eduardo Gayer
Por Eduardo Gayer
Atualização:

A advogada Gisele Ricobom vai substituir o futuro ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, no cargo de Árbrito Titular brasileiro no Tribunal Permanente de Revisão do Mercosul. Ela integra o Prerrogativas, grupo de advogados progressistas próximo ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Gisele Ricobom, assessora do diretor-geral brasileiro da Itaipu, Enio Verri Foto: Rubens Fraulini

PUBLICIDADE

Às vésperas de tomar posse no Ministério da Justiça, em substituição a Flávio Dino, que vai para o Supremo Tribunal Federal (STF), Lewandowski renunciou nesta quarta-feira ao cargo no Mercosul. A advogada era sua suplente e fica no cargo até que o governo indique outra pessoa para a posição.

Ricobom foi professora associada de Relações Internacionais e Integração da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila) e também assessora o diretor-geral brasileiro da Itaipu, Enio Verri.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.