EXCLUSIVO PARA ASSINANTES
Foto do(a) coluna

Coluna do Estadão

| Por Roseann Kennedy

Roseann Kennedy traz os bastidores da política e da economia, com Eduardo Gayer e Augusto Tenório

Eduardo Bolsonaro deixa liderança da minoria e PL estuda substituto na Câmara

Bia Kicis, Júlia Zanatta e Marcos Pollon são alternativas para substituir filho do ex-presidente Jair Bolsonaro

PUBLICIDADE

Foto do author Augusto Tenório
Por Augusto Tenório
Atualização:

O deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP) sairá em breve da liderança da minoria na Câmara, deixando em aberto o posto que, junto com a liderança da oposição, na prática serve para arregimentar os parlamentares contrários ao governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O posto continuará com o PL, partido do ex-presidente Jair Bolsonaro. A legenda estuda três nomes para substituí-lo: Bia Kicis (DF), Júlia Zanatta (SC) e Marcos Pollon (MS).

O deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP).  Foto: Nilson Bastian/Câmara dos Deputados

PUBLICIDADE

A troca já era esperada, pois quando Eduardo assumiu o posto, avisou aos colegas que só ficaria por um mandato. Ele quer focar em organizar as candidaturas de aliados em São Paulo. Nesse sentido, nos bastidores, Bia Kicis desponta como favorita para assumir o cargo: além de ser vista como um nome que melhor dialoga com os polos divergentes ao bolsonarismo, ela é deputada pelo Distrito Federal e, dessa forma, não precisará se ausentar dos trabalhos na Câmara por causa das eleições municipais.

O líder da minoria participa do colégio de líderes, órgão que discute e define a pauta de votações do Plenário, e também pode dar orientações nas votações e exigir tempo de fala.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.